Desenvolvimento de jogo exclusivo do Xbox Series X pode estar com problemas


A nova geração de consoles já está está entre nós a pouco mais de um ano, contudo, por conta da pandemia de coronavírus, muitos dos grandes jogos anunciados em conjunto dos consoles tiveram que ser adiados, enquanto outros sequer possuem uma data de lançamento.

Embora 2022 seja bem promissor no que se refere ao lançamento de jogos, um exclusivo do Xbox Series X pode estar com problemas graves no desenvolvimento.

Em um recente episódio do XboxEra Podcast, o jornalista da indústria dos games Jeff Grubb, falou um pouco sobre o desenvolvimento de Everwild, um jogo da Rare, o mesmo estúdio por trás de Sea of Thieves.

Desde que foi anunciado em 2019, a Rare não tem revelado muitas novidades sobre Everwild, mas de acordo com Grubb, o motivo por trás disso é que o estúdio está tendo dificuldades com o desenvolvimento do jogo, principalmente porque eles não sabem exatamente em que direção devem seguir com o jogo.

Everwild está uma bagunça. A Rare tenta falar de forma diplomática sobre o jogo quando estão em público, dizendo coisas como: ‘Ah, as pessoas ouvem coisas sobre um diretor criativo indo embora e as coisas recomeçando e isso é tudo um aumento da realidade’. Não é um aumento da realidade. Eles recomeçaram essa coisa e eles sequer sabem em que ponto estão do desenvolvimento. Em termos do que eles esperam, eles estão tentando entender. E é uma bagunça.

No início do ano, rumores davam conta de que esse recomeço no projeto de Everwild significava que o jogo não seria lançado tão cedo. A nota citava 2024 como a possível janela de lançamento. Considerando as informações de Grubb, parece que o lançamento pode estar ainda mais distante, isso se ele não for cancelado.

Apesar da provável bagunça no desenvolvimento de Everwild, a Rare tem vivido um bom momento com Sea of Thieves, com o jogo fazendo sucesso não só nas plataformas da Microsoft, como também na Steam.

Você acha que eles conseguirão encontrar um rumo para Everwild?



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*