Melhor cmera DSLR at R$ 8.000 para comprar | Guia do TudoCelular


Destaque de cada cmera DSLR

O TudoCelular vem preparando vários guias para te ajudar a escolher o seu próximo celular para comprar, além de outros eletrônicos interessantes. É claro que não deixaríamos as câmeras profissionais de lado, ainda mais os modelos DSLR, que fazem bastante sucesso especialmente entre YouTubers.

Nosso guia reúne apenas câmeras que podem ser encontradas no mercado nacional. Algumas marcas atuam de forma presente no país, como a Canon. Há outras, como a Nikon, que deixou o Brasil há alguns anos, mas ainda encontramos seus produtos à venda.



Melhor c





Guia de compras
24 Dez




Melhor c





Tech
25 Jun


Nossa lista parte de R$ 4 mil, que foi o valor máximo estipulado em nosso outro guia que pode ser acessado no link acima. Aqui incluiremos tanto ofertas com apenas o corpo da câmera, como também com o kit que traz lente inclusa.

Os modelos serão organizados por preço, mas deixaremos claro o destaque de cada um e as vantagens de se investir em um modelo mais caro. Como os preços mudam com frequência, nem sempre os produtos listados estarão ordenados por preço perfeitamente.

De onde vem a sigla DSLR?

Também mais conhecidas popularmente como “câmeras profissionais”, os modelos DSLR apresentam espelhos para refletir a imagem e luminosidade que passa pela lente até o sensor fotográfico da câmera, daí a sigla DSLR: digital single-lens reflex ou “reflex monobjetiva digital” em português.

Em contrapartida, os modelos mirrorless deixam de lado essa solução muito antiga para apresentar uma ideia mais atual, em que os espelhos deixam de fazer parte do corpo da câmera, oferecendo maior resistência a quedas (a depender do grau da queda, óbvio) e um corpo muito mais compacto e leve.

Confira abaixo a seleção dos modelos DSLR mais populares e indicados a venda no Brasil.

Nikon D5600



Buscando uma boa câmera DSLR da Nikon na casa dos R$ 5 mil? Que tal a D5600? Ela é uma forte concorrente da Rebel T7i e traz corpo com boa qualidade de construção e tela ligeiramente maior, que também é articulada para facilitar na hora das selfies ou gravar vídeos de você mesmo.

Sua tela é sensível ao toque, o que ajuda a procurar rapidamente por uma foto específica ou avançar para um trecho de um vídeo. Ela é equipada com um sensor de 24 MP e possui um sistema de foco com 39 pontos, sendo um pouco menos do que temos na Canon, mas ainda assim muito eficiente na hora de focar no ponto certo.

É possível registrar até 5 fotos por segundo e fazer vídeos em timelapse. Ela também vem com tecnologia Wi-Fi para facilitar a troca de arquivos com o celular, sendo até possível fazer alguns ajustes na câmera pelo próprio smartphone usando o app da Nikon.

Canon Rebel EOS T7i



Em nosso guia com as melhores câmeras DSLR de até R$ 4.000, listamos o modelo T7 da Canon e aqui temos a versão T7i, que é voltada para o segmento semi-profissional e para aqueles que saíram de um modelo basicão e agora buscam uma câmera com sensor mais avançado e melhor processador de imagem.

A Rebel T7i vem com sensor de 24 MP e processador Digic 7. Seu corpo tem acabamento simples, mas se destaca pela ótima ergonomia. A sua tela de 3 polegadas é articulada, o que facilita na hora de tirar uma selfie ou gravar vídeos para vlog ou canal no YouTube.

Há sistema com 45 pontos de foco e possibilidade de disparos contínuos de até 6 fotos por segundo. Se busca uma câmera que filme em 4K, pode ficar decepcionado com a T7i, que tem limitação de Full HD 60 fps. Ela vem com alguns filtros para agilizar a edição de suas fotos. Há um bom nível de controles manuais. Ela tem suporte a Wi-Fi e conectividade NFC para transferência de fotos para o celular.

Nikon D7500



Subindo um pouco o preço encontramos a D7500 — também da Nikon, sendo uma das favoritas entre os fotógrafos. Entre os seus destaques temos a alta velocidade no registro de fotos (8 por segundo) sem comprometer a qualidade. Ela é capaz de gravar vídeos em 4K, mas fica limitada a apenas 30 fps. O seu sensor é o mesmo de modelos mais caros da marca, assim como o processador de alto-desempenho EXPEED 5.

Graças a este sensor avançado, a sensibilidade ISO desta câmera é bem alta, indo de 100 até 51.200. Mas para evitar ter fotos com ruído tente não ir além de 6.400. Ela possui conectividade Wi-Fi e Bluetooth para facilitar a transferência de fotos e vídeos, podendo passar diretamente para o seu smartphone. Ela é uma boa pedida para quem está interessado em ir além dos modelos mais básicos, mas ainda não quer entrar nas opções profissionais mais caras.

Canon EOS 80D



Busca uma alternativa às câmeras da Nikon? Há o modelo 80D da Canon, que pode ser encontrado por volta de R$ 4 mil. Ela já é meio antiga, tendo chegado ao mercado em 2017, mas ainda é uma ótima opção para fotógrafos que querem uma câmera com foco rápido, independente da iluminação do local.

Posicionada acima das Rebel (t6i, t7i) e abaixo da 7D, a 80D é uma câmera semi-profissional quase avançada. Ela tem sensor CMOS de 24.2MP e processador de imagem eficiente. Ele é mais compacta e leve que outras na mesma faixa de preço. Também traz conectividade Wi-Fi e NFC para facilitar na hora de transferir fotos, até mesmo para o smartphone. Para vídeos você pode gravar apenas em Full HD, a no máximo 60 fps.

Canon EOS 200D Mark II



A EOS 200D Mark II é muito similar à câmera 250D da Canon. O corpo das duas é parecido, tanto em medidas como peso. Há apenas pequenas diferenças separando os dois modelos, mas a qualidade das fotos é similar, mesmo que o processador da 200D seja um pouco mais antigo.

A 200D só grava vídeos em Full HD, porém consegue fluidez superior a 60 fps. Ela tem suporte a uma maior variedade de lentes, traz NFC e também entrada para fones de ouvido. Porém, sua bateria acaba durando um pouco menos que a da 250D por ter um hardware mais antigo.

Ficou em dúvida entre as duas? Vá na que estiver mais em conta. Apenas listamos aqui os dois modelos, pois estes pequenos diferenciais da 200D podem ser importantes para alguém.

Canon EOS 77D



Fechamos o nosso guia com o modelo mais avançado e consequentemente mais caro. A EOS 77D traz mais ajustes e funcionalidades para os fotógrafos que buscam extrair o máximo do sensor de suas câmeras. Apesar de ser um modelo um pouco antigo com processador de geração passada, ainda é capaz de registrar belas fotos.

A EOS 77D também vem com sensor de 24 MP como outras que listamos e 45 pontos de foco para tornar a câmera muito rápida no disparo. Aqui você pode registrar até 6 fotos por segundo, sendo um pouco mais rápida que modelos mais recentes da marca.

Neste modelo você tem uma roda de navegação e uma tela secundária que ajuda a realizar os ajustes certos sem perda de tempo. Sua tela também é retrátil e sensível ao toque, como outras citadas. Por mais que seja um modelo de alto porte, não grava em 4K por ter hardware já meio antigo. Pelo menos terá ótima estabilização para vídeos em 1080p60 sem tremidos.

Canon EOS 250D



Sempre há aquela dúvida: escolher uma DSLR ou mirrorless? A vantagem do segundo tipo é que normalmente temos câmeras mais leves. E este é justamente o diferencial da Canon EOS 250D: uma DSLR que consegue ser mais leve que muita câmera do tipo mirrorless.

A 250D traz sensor APS-C de 24 MP e processador Digic 7, sendo mais atual que a Rebel T7i. Este é o mesmo processador que você encontra em modelos mais caros da marca. Os fãs de disparo contínuo podem tirar 5 fotos por segundo com a 250D, e contam com conectividade Bluetooth e Wi-Fi para facilitar a transferência de arquivos.

Ela traz tela de 3 polegadas, sensível ao toque e retrátil. Há a possibilidade de gravar vídeos em 4K, enquanto as câmeras que citamos acima gravam apenas em Full HD. E há também entrada para microfone, para que você melhore a qualidade do áudio capturado em seus vídeos. Essa câmera também pode ser encontrada no mercado como Rebel SL3 em outros kits.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*