Covid-19: Anvisa recomenda que viagens em navios de cruzeiros sejam suspensas devido micron


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou que o Ministério da Saúde suspenda a temporada de viagens em navios de cruzeiros na costa brasileira devido a preocupações com os casos da nova variante do coronavírus, a Ômicron, que atualmente representa cerca de 31% dos diagnósticos de Covid-19 no Brasil.

A recomendação foi feita na última sexta-feira (31) para evitar o aumento de infecções pela doença em embarcações. As questões do transporte marítimo já foram ressalvadas no setor de logística, e a temporada de viagens em navios durante o início do ano em águas brasileiras poderia representar um novo risco para agravar o cenário pandêmico.

A manifestação da agência foi pautada no princípio da precaução, ao priorizar o impedimento da ocorrência de agravo à saúde pela adoção das medidas necessárias à sua proteção.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária

O comunicado é dado mesmo após a elaboração dos Planos de Operacionalização, que visavam retomar a temporada de cruzeiros em municípios e estados desde que seguissem todas as medidas de prevenção impostas pelas organizações de saúde. Segundo a Agência Brasil, há dificuldades para controlar e administrar os casos de infecção em navios.

As recomendações da agência, contudo, ainda não são capazes de interferir nas operações dos navios de cruzeiro. Segundo a Anvisa, essa discussão cabe ao grupo de ministros responsáveis — Saúde, Justiça e Segurança Pública e da Infraestrutura — a fim de autorizar ou restringir as atividades dos navios durante a temporada de 2022.

“Até decisão final do grupo de ministros, as operações seguem, como regra geral, autorizadas, submetidas às regras sanitárias vigentes”, afirma a nota da agência.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*