40 pessoas so presas sob suspeita de lavagem de dinheiro na Twitch


A Twitch é uma das plataformas mais badaladas para aqueles que gostam de acompanhar lives de jogos, mas esta semana, alguns criadores de conteúdo da plataforma se envolveram em uma grande polêmica.

Na terça (04), a polícia turca em onze províncias diferentes levaram quarenta pessoas em custódia sob a suspeita de lavagem de dinheiro através da Twitch.

De acordo com a Agência Demirören (via Daily Sabah e Dexerto), os suspeitos foram acusados de roubar cartões de crédito para comprar Bits, que são basicamente a moeda virtual da plataforma. Esses Bits eram então supostamente enviados aos streamers, que então pagavam aos golpistas dinheiro de verdade sob uma taxa de 70 a 80 por cento.

Nesse caso, se os golpistas comprassem 1.000 Bits por US$ 10, isso poderia ser uma forma de conseguir US$ 7 ou US$ 8 de um cartão roubado, com o streamer ficando com o restante. Considerando que cada cartão fornecia um valor diferente, os golpistas acabaram com uma receita estimada de US$ 9.8 milhões. Ao que parece, o golpe estava acontecendo há cerca de dois anos.

As prisões foram resultado de uma investigação conduzida pela Promotoria. Dentre as 40 pessoas levadas em custódia, algumas são menores de idade.

Alguns streamers declararam sua participação no esquema, ou ao menos se envolveram na situação. Mas a extensão da participação deles no golpe e o papel deles ainda precisa ser esclarecido pelas autoridades.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*