TOP 10! Melhor celular bsico de 2021 para comprar em 2022


O TudoCelular fez uma retrospectiva com os melhores celulares top de linha e intermediários lançados em 2021. Agora chegou a hora de selecionar os melhores aparelhos acessíveis que testamos no último ano para você que busca um smartphone baratinho para comprar. Em nosso top 10 incluiremos modelos da Samsung, Motorola, realme, Redmi, Infinix e Nokia.

Também testamos aparelhos de outras marcas como Philco, Positivo e Multilaser, mas ficaram abaixo dos rivais apresentados neste guia.

Melhor bsico de cada fabricante

  • Samsung
  • Motorola
  • Realme
  • Redmi
  • Nokia
  • Infinix


TOP 10! Melhor celular top de linha de 2021 para comprar em 2022





Asus
05 Jan




TOP 10! Melhor celular intermedi





Motorola
07 Jan


Samsung Galaxy A22

Começamos a nossa lista de melhores celulares acessíveis pela Samsung e podemos dizer que o Galaxy A22 foi o lançamento mais interessante da coreana. Também podemos dizer o mesmo do Galaxy M22, já que os dois são praticamente idênticos, mas como o A22 é ligeiramente melhor e custa o mesmo atualmente, ele acabou sendo a nossa escolha.

O A22 traz tela com bom nível de brilho, taxa de 90 Hz e boa reprodução de cores. O som é mono, porém a potência é bacana e a qualidade sonora se destaca diante dos rivais. O desempenho não é dos mais ágeis, mas ainda fica acima de muitos basicões. A bateria dura o dia todo com folga em uso moderado e recarrega mais rápido que alguns celulares de entrada da Motorola.

As câmeras do A22 são outro ponto de destaque e realmente impressionam pela qualidade na faixa de preço que ele briga atualmente. Por falar nisso, o básico da Samsung chegou ao mercado em julho de 2021 por salgados R$ 1.900, mas atualmente já aparece em oferta perto dos R$ 1.000.



Samsung Galaxy M12

Para quem busca uma opção ainda mais em conta da Samsung, indicamos o M12 como o melhor entre os baratinhos da coreana. Ele também tem tela de 90 Hz, porém o brilho é mais fraco que o da tela do Galaxy A22. O desempenho também é mais limitado neste e nem mesmo é possível tirar proveito da tela de 90 Hz nos jogos, já que a maioria dos games ficam abaixo de 60 fps.

A bateria, por outro lado, é o grande destaque. O M12 consegue render dois dias facilmente em uso moderado e o tempo de recarga está dentro do aceitável. As câmeras são boas para fotos casuais, desde que evite locais escuros. A filmadora já é mais limitada e pode ser um fator decepcionante para alguns.

De qualquer forma, é bom lembrar que o Galaxy M12 é um aparelho que foi lançado em junho de 2021 por R$ 1.600, mas atualmente aparece em promoções por volta dos R$ 900, o que torna o seu custo-benefício bastante atrativo.



Motorola Moto G30

A Motorola teve vários lançamentos no segmento de entrada em 2021, incluindo modelos das famílias Moto G e Moto E. O mais redondinho da marca para quem não quer gastar muito é o Moto G30. Assim como os modelos citados da Samsung, ele também vem com painel de 90 Hz. Infelizmente, todo celular básico da Motorola tem tela com brilho baixo e som mono, e até mesmo o mais avançado da linha Moto G sofre deste mal.

O G30 entrega bom desempenho, autonomia de bateria para o dia todo e boas câmeras. É aquele tipo de celular que agrada todo mundo que busca uma experiência básica para o dia a dia como navegação, redes sociais e jogos casuais.

O G30 chegou ao Brasil em março de 2021 por R$ 1.900. Realmente é um valor muito alto a se pagar por ele, mas vem aparecendo em promoções perto dos R$ 1.000, o que o torna uma boa opção de compra em 2022.



Motorola Moto G20

Outro da linha Moto G que nos agradou em 2021 foi o G20. Ele é mais uma opção com tela de 90 Hz, mas também peca no brilho de tela como o G30. A parte sonora também é limitada, o que deixa claro que a Motorola não se preocupa com a experiência multimídia em seus celulares mais acessíveis.

O que mais surpreende é que o G20 é até um pouco mais rápido no multitarefas que o G30. Ele também roda bem jogos mais leves e sua bateria dura bastante. As câmeras do G20 são boas, mas não em todas as situações. A macro é bastante limitada e a frontal sofre para registrar boas selfies noturnas.

O Moto G20 chegou em maio de 2021 por R$ 1.700 e tem muito em comum com o Moto E40 que chegou posteriormente com preço mais atrativo, porém como o G20 é mais antigo ele aparece com preço menor em promoções, o que faz seu custo-benefício ser melhor.



Motorola Moto E6i

Para encerrar a lista de celulares Motorola que chamaram nossa atenção em 2021, temos o Moto E6i. Este é um celular bem mais básico que os demais citados, mas também custa muito menos. O E6i é aquele tipo de celular para quem quer apenas ler notícias e trocar mensagens. O desempenho é bom para a categoria, mas a bateria não dura tanto.

O que mais chama a atenção é o seu desempenho fotográfico. Temos uma câmera simples, mas que consegue registrar fotos com cores vívidas e há modo noturno que ajuda bastante a capturar imagens mais claras. A frontal também é boa para selfies, desde que você fuja de cenários com forte luz de fundo.

O E6i chegou em fevereiro por R$ 1.100 e pode ser encontrado pela metade do preço atualmente.



realme C25

A realme também vem brigando no segmento mais acessível para entregar um melhor custo-benefício que a Samsung e Motorola. O C25 foi um grande destaque em 2021 por ser o nosso novo rei em autonomia de bateria, quebrando a marca das 40 horas de uso moderado. É realmente um feito impressionante e que apenas um outro celular conseguiu chegar perto disso.

A tela é de apenas 60 Hz, mas supera os rivais da Motorola em brilho e garante uma melhor visibilidade em locais abertos. O desempenho é bom, mas nada notável, porém se destaca em jogos ao entregar boa fluidez mesmo nos títulos mais exigentes. As câmeras são boas e não sofrem em locais escuros, exceto pela frontal que limita as selfies à noite.

O realme C25 foi lançado no Brasil em junho por R$ 1.600 e vem aparecendo em promoções na faixa dos R$ 1.000.



Realme C11

Uma boa alternativa ao Moto E6i é o C11 da realme. Ele tem tela com brilho mais forte e som mais potente e equilibrado. O desempenho é básico no multitarefas e sofre para segurar os apps abertos em segundo plano, mas até que vai bem em jogos que não são muito exigentes. A bateria, como esperado de um celular da realme, é um bom destaque.

O C11 possui apenas uma câmera na traseira, algo decepcionante diante de outros com câmeras dedicadas para macro ou desfoque. Pelo menos ele registra boas fotos e também não faz feio em selfies.

O básico da realme chegou juntamente com o C25 em meados do ano passado por R$ 1.000 e atualmente é encontrado próximo dos R$ 700.



Redmi Note 8 2021

O Redmi Note 8 fez bastante sucesso em 2019 e a Xiaomi decidiu remasterizá-lo em 2021. O que mudou do antigo para o novo? Basicamente, a Xiaomi apenas trocou o hardware da Qualcomm por um similar da Mediatek. A essência continua a mesma de antes e com isso temos uma experiência bem parecida.

Por ser um projeto antigo, não temos tela de 90 Hz aqui. Pelo menos o nível de brilho é satisfatório, enquanto o som mono agrada pela qualidade. O desempenho é bom e roda bem a maioria dos jogos. A bateria dura o dia todo e demora menos para carregar que boa parte dos modelos da nossa lista. As câmeras seguem iguais ao modelo de antes e registram boas fotos mesmo em locais com luz mais precária.

O Redmi Note 8 2021 foi lançado em maio do ano passado e atualmente é encontrado na faixa dos R$ 1.300. Vale pagar isso por um projeto antigo? Ele ainda é uma melhor compra que muito aparelho do segmento mais básico atual.



Nokia 5.4

A Nokia vem lançando alguns celulares básicos no mercado nacional, porém muitos com preço acima do que realmente vale. O mais recente que testamos da finlandesa foi o 5.4, um aparelho que chegou no início de 2021 por R$ 2.000, mas também temos outras empresas como Samsung e Motorola que cobram valores parecidos em modelos simples.

O Nokia 5.4 não é um celular que se destaca em nada, mas isso também não quer dizer que o aparelho seja ruim em tudo. A tela tem brilho baixo e o som mono não tem bom volume, porém o desempenho está acima de muitos da nossa lista e a bateria dura bem.

As câmeras fazem só o básico e sofrem em locais mais escuros. O software da Nokia não é dos mais atualizados, apesar de a empresa prometer que ele receberá updates por três anos com atualização garantida para o Android 12. O Nokia 5.4 pode ser encontrado atualmente por volta dos R$ 1 mil.



Infinix Note 8

Por fim temos o Infinix Note 8, um aparelho lançado no final de 2020, mas que testamos apenas no começo de 2021. Pode ser difícil de encontrá-lo à venda atualmente, mas ainda decidimos incluí-lo em nosso top 10 para que muitos conheçam esta marca que tem potencial de oferecer bons aparelhos com preço justo.

O Note 8 traz som estéreo que faz falta neste segmento, mas a tela não chega a ser um destaque e tem brilho apenas mediano e taxa de 60 Hz. O desempenho está acima do segmento com boa velocidade na abertura de apps e jogos e gerenciamento de RAM eficiente que segura muitos aplicativos abertos em segundo plano. A bateria rende bem o dia todo e não demora tanto para recarregar. As câmeras fazem apenas o básico e este é um ponto que a Infinix precisa evoluir.

No início de 2021 era possível importar o Note 8 por menos de R$ 1.000, sendo um valor bem atrativo. A empresa fechou parceria com a Positivo para trazer seus celulares para o nosso mercado e chegou apostando no Note 10 Pro em outubro, mas este já briga em outra categoria.



Concluso

Os celulares de entrada apresentaram uma boa evolução em 2021 e finalmente temos celulares que entregam bom desempenho com câmeras decentes para fotografar até mesmo à noite.

O preço vem subindo e temos aparelhos básicos que são lançados por quase R$ 2 mil, mas a boa notícia é que desvalorizam rapidamente e chegam a custar metade depois de alguns meses.

E você, o que achou dos celulares de entrada de 2021? Prefere gastar um pouco mais e pegar um bom intermediário? Deixe seu comentário abaixo.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*