Bitcoin tem pior incio de ano desde 2012 e deve passar por mais quedas significativas


A criptomoeda mais popular do mundo está passando pelo seu pior começo de ano desde 2012. O Bitcoin recentemente afundou em até 6%, colocando-o brevemente abaixo da marca de US$ 40.000 (US$ 39.774). Isso representa uma queda de 40% em comparação com sua alta histórica de mais de US$ 66.000, que foi seguida por um novo recuo.

A partir do início da tarde da última segunda-feira (10), o ativo digital estava pairando em torno de US$ 41.320 em valor. O inevitável ciclo de expansão e quebra do Bitcoin tem preocupado os especialistas novamente.

Jay Hatfield, CEO da Infrastructure Capital Advisors, sugere que a moeda pode terminar 2022 abaixo dos US$ 20.000. Já Fiona Cincotta, analista sênior de mercados financeiros do City Index, disse à Bloomberg:

[O Bitcoin] teve um início bastante chocante até 2022. Há muita coisa acontecendo Sabemos que o Bitcoin é volátil, mas mesmo assim estamos vendo alguns movimentos realmente grandes.



Pai do Bitcoin: Elon Musk indica poss





Economia e mercado
29 Dez




Fundador do Twitter, Jack Dorsey, acredita que o bitcoin vai substituir o d





Economia e mercado
22 Dez


Outras criptomoedas como o Dogecoin, cujo valor é baseado quase que inteiramente em ciclo de notícias e mídia social, também caíram. O Dogecoin, que atingiu um pico de 74 centavos em maio, ficou em torno de 14 centavos no início da tarde da última segunda-feira.

O Bitcoin parece estar se aproximando de uma situação chamada “cruz da morte”, que é quando a média móvel de 50 dias se reduz abaixo de seu equivalente a 200 dias. Porém, a cruz de morte não é um indicador tão confiável, visto que desde outubro de 2019 o ativo digital já a encontrou pelo menos três vezes. Em cada caso, o valor da criptomoeda se recuperou rapidamente depois.

Um dos fatores para a queda pareceu ser a instabilidade de mineração no Cazaquistão, onde nos últimos dias as forças de segurança reprimiram manifestantes indignados com o aumento dos custos de energia e o governo do presidente Kassym-Jomart Tokayev.

Mais de 160 mortes e 8.000 prisões foram relatadas após tropas abrirem fogo com munição viva em Almaty, quando Tokayev ordenou às forças de segurança que atirassem sem aviso prévio em um discurso público.

A tentativa de eliminar a manifestação acarretou em um apagão generalizado na internet, cortando as instalações de mineração sediadas no Cazaquistão da rede global. Cerca de um quinto dos processamentos do Bitcoin está baseado lá. As operações foram seriamente interrompidas de 5 a 6 de janeiro.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*