Pokmon Go: dois polcias de Los Angeles foram demitidos por jogar enquanto trabalhavam


Mesmo que a euforia por Pokémon Go não seja mais a mesma do lançamento, o jogo ainda é extremamente popular e possui uma ampla base de jogadores ao redor de todo o mundo, até mesmo durante o período das quarentenas, onde a Niantic lançou soluções para que os usuários pudessem continuar jogando sem sair de casa.

Recentemente, descobrimos que o jogo acabou causando problemas para dois policiais de Los Angeles, que acabaram sendo demitidos por jogarem enquanto trabalhavam.

Pokémon Go foi uma verdadeira febre dos jogos mobile, com milhares de pessoas saindo nas ruas para caçar os populares monstrinhos da Nintendo. Embora o volume de jogadores e a euforia pelo jogo tenha diminuído com o passar do tempo, muitos ainda estão em busca de capturar todos para completar sua PokéDex.

De acordo com documentos divulgados esta semana, Louis Lozano e Eric Mitchell foram despedidos porque “abdicaram de livre vontade do seu dever de ajudar seu superior na resposta a um roubo em andamento para ficarem jogando um título mobile de Pokémon durante o serviço”.

O incidente ocorreu em 2017, onde o superior da dupla pediu reforços em uma ocorrência de roubo em um centro comercial de Los Angeles e eles o ignoraram enquanto tentavam capturar um Snorlax no jogo.

A câmera interna da viatura registrou a conversa entre os dois policiais, enquanto eles dirigiam em busca do Snorlax que estava aparecendo no jogo.

Por volta das 6:09 pm (cinco minutos depois de Lozano ter dito “dane-se” para a chamada sobre o roubo na loja), o Oficial Mitchell diz a Lozano que um “Snorlax acabou de aparecer na 46ª com Leimert”.

Ao longo de 20 minutos, a câmera da viatura registrou a dupla discutindo sobre Pokémon, enquanto os dois dirigiam pela cidade em busca dos monstrinhos virtuais, dizem os documentos do tribunal. Enquanto se dirigiam ao local do Snorlax, a dupla também acabou encontrando um Togetic.

A dupla tentou mentir no julgamento, alegando que não estavam jogando e sim fotografando Pokémon, mas a postura de ambos foi considerada um “desperdício de recursos, desrespeito pela comunidade, uma violação de confiança e falta de profissionalismo que envergonha o Departamento”.

Apesar de não terem capturado os bandidos do assalto, os dois policiais acabaram conseguindo capturar o Snorlax e o Togetic.

Já pensou se essa moda pega?



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*