Covid-19: Ministrio da Sade vai pedir Anvisa liberao de autoteste no Brasil


Fontes ligadas ao Ministério da Saúde informaram que a pasta vai pedir à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ainda nesta semana, a liberação para o uso de autoteste de Covid-19 no Brasil. Outros países já usam esse mecanismo.

No momento, a venda do autoteste não é permitida no Brasil pela Anvisa, o órgão regulador responsável. O exame promete entregar mais agilidade no diagnóstico por ser feito em casa com a coleta do material no nariz com cotonete ou por saliva.

Porém, o autoteste tem sensibilidade menor do que outros exames, como o RT-PCR, e está sujeito ao erro de um paciente não treinado. Ao portal G1, a Anvisa informou que ainda não recebeu nenhuma solicitação formal do Ministério da Saúde.

A Anvisa se manifestou sobre o tema na última sexta (7) e afirmou que o registro de autoteste para doenças infectocontagiosas passíveis de notificação compulsória, como a Covid-19, precisa de uma política pública estabelecida pelo Ministério da Saúde.

“É fundamental considerar os fatores humanos e a usabilidade do produto, medidas de segurança do produto, limitações, advertências, cuidados quanto ao armazenamento, condições ambientais no local que será utilizado, intervalo de leitura, dentre outros aspectos”, completou a agência.

O receio da Anvisa é algum paciente que não tem nenhuma formação na área de saúde errar a interpretação do resultado ou ainda contaminar outras pessoas por meio de uma amostra potencialmente positiva do vírus.

Qual a sua opinião sobre esse assunto? Conta pra gente nos comentários logo abaixo!



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*