Apple vai liberar opes de pagamento de terceiros em app pela primeira vez


A Apple confirmou que permitirá opções de pagamento de terceiros para compras em aplicativos, no caso de apps de namoro, na Holanda. A iniciativa será a primeira do tipo feita pela gigante de Cupertino.

A empresa divulgou um post em seu site para desenvolvedores, no qual anuncia o cumprimento da decisão da Autoridade Holandesa para Consumidores e Mercados (ACM). Ela determina que ferramentas de namoro se conectem ou usem um provedor de pagamento de terceiros, além de pagar uma comissão à Apple sobre as transações.

A implementação obrigou os desenvolvedores a usar os direitos da “Maçã”, contudo com o alerta adicional da companhia de que haverá responsabilidades adicionais e poderão surgir novos riscos.

“Antes de considerar a solicitação de um desses direitos, é importante entender que alguns recursos da App Store que você pode usar não estarão disponíveis para seus clientes, em parte porque não podemos validar a segurança e a segurança dos pagamentos que ocorrem fora do sistema de pagamento privado e seguro da App Store. Como a Apple não estará diretamente ciente das compras feitas usando métodos alternativos, a Apple não poderá auxiliar os usuários com reembolsos, histórico de compras, gerenciamento de assinaturas e outros problemas encontrados na compra de bens e serviços digitais através desses métodos alternativos de compra. Você será responsável por resolver tais problemas com os clientes.”






Apple

A fabricante dos iPhones ainda ressaltou que a decisão da ACM não seria do interesse dos seus clientes, além de estar preocupada com um possível comprometimento da experiência com a criação de novas ameaças à privacidade e à segurança dos dados dos usuários.

A Holanda não é a única a se mexer para exigir mudanças da Apple. Na última semana, uma nova lei da Coreia do Sul também requisitará mudanças em sistema de pagamento por parte da Apple.

Você concorda com a exigência determinada pela legislação holandesa? Dê a sua opinião para a gente!



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*