Mi 11 Ultra vs OnePlus 9 Pro: melhor celular top de linha chins de qual marca? | Comparativo


Xiaomi e OnePlus são fabricantes chinesas que buscam atrair o público a nível global, com celulares que entregam conjuntos satisfatórios, sem cobrar o mesmo preço de outras marcas.

A primeira tem no Mi 11 Ultra um de seus tops recentes, com um design bem diferente. Já a segunda companhia aposta no OnePlus 9 Pro para manter sua fama de oferecer um smartphone rápido no segmento. Qual delas tem o melhor flagship dentre as empresas vindas da China? É o que vamos descobrir neste Comparativo aqui no TudoCelular.



Mi 11 Ultra: top de linha Xiaomi





Android
16 Jul




OnePlus 9 Pro traz c





Android
22 Dez


ndice do Comparativo

Design

Xiaomi Mi 11 Ultra

Vamos começar falando do design. Diferente do que você possa imaginar, as chinesas não economizaram na construção dos seus tops. Tanto o Mi 11 Ultra como o 9 Pro usam o alumínio como material das laterais, além de terem certificação IP68, para resistir a água e poeira. O que muda está na preferência da Xiaomi pela traseira de cerâmica, mais sofisticada que o vidro da OnePlus.

O bloco de câmeras do Mi também sai fora do padrão, ao entregar um visual que pega toda a parte superior e ainda contém um visor secundário, para mostrar o relógio e ajudar nas selfies com as lentes principais. Já o rival mantém algo mais tradicional, com as mesmas cores de fundo do resto da tampa, para dar aquele charme.

OnePlus 9 Pro

Na frente, a opção das empresas foi pelo notch em forma de furo, posicionado no canto esquerdo. Mais abaixo, está o leitor de impressões digitais, localizado sob o display em ambos os aparelhos. O corpo do 11 Ultra somente é mais fino que o concorrente. Só que o 9 Pro ainda leva a melhor nas dimensões de altura e largura, além de ser mais leve.

A dupla fornece Wi-Fi de sexta geração e NFC, porém apenas a Xiaomi incluiu o sensor infravermelho, se você quiser usar o celular como controle remoto da TV. Nenhum deles vem com slot para expansão de memória na gaveta de chips.

O visual moderno dá o ponto inicial ao Mi 11 Ultra.










Melhor construção

Mi 11 Ultra

Visual mais moderno

Mi 11 Ultra

Slot é híbrido ou dedicado?

Nenhum

Melhor certificação de resistência

Ambos

Melhor solução do notch

Ambos

Melhor solução da biometria

Ambos

Qual é mais leve e mais compacto?

OnePlus 9 Pro




Multimdia e recursos

Tela


Xiaomi e OnePlus também não economizaram em tela e escolheram o AMOLED como material, com 1 bilhão de cores e brilho que não decepciona na hora de utilizar em dias ensolarados. Mesmo assim, a luz do Mi ainda fica um pouco acima do rival.

As duas oferecem suporte a HDR10+, porém só o 11 Ultra conta com Dolby Vision, para melhorar a reprodução de serviços de streaming. Este também vence em tamanho e aproveitamento frontal, mas com uma pequena diferença, além de o Gorilla Glass Victus ser superior à quinta geração usada pelo 9 Pro.

O grande destaque presente nos dois é a taxa de atualização de 120 Hz, com tecnologia que permite o ajuste automático dependendo do aplicativo aberto. Isso ajuda a economizar bateria, sem perder a boa fluidez que cada app suporta.

A Xiaomi também incluiu o segundo painel AMOLED atrás, herdado da Mi Band 5, que serve como apoio, só que longe da qualidade do principal.

Pelos diferenciais, o Mi 11 Ultra amplia o placar.










Tela maior

Mi 11 Ultra

Brilho maior

Mi 11 Ultra

Melhor tecnologia de tela

Ambos

Melhor resolução de tela

Ambos

Melhor proporção tela/corpo

Mi 11 Ultra

Melhor proteção Gorilla Glass

Mi 11 Ultra

Tela de Hz elevada?

Ambos

Som


No sistema sonoro, os dois smartphones trazem áudio estéreo, para maior imersão ao usuário. Isso significa que o alto-falante de chamadas é usado como canal secundário. Eles contam com potência sonora bem alta, que não fica devendo para rivais de outras marcas, como Samsung e Apple.

O equilíbrio sonoro é satisfatório neles, com bons acertos nos graves presentes, agudos nítidos e médios agradáveis. No caso do modelo da Xiaomi, há a assinatura do som pela Harman Kardon, para dar um acréscimo na qualidade. De qualquer maneira, nenhum deles vem com conector físico para fones de ouvido nem o acessório com adaptador na caixa.

O Mi 11 Ultra pontua por pouco.








Som é estéreo?

Ambos

Possui entrada P2?

Nenhum

Maior equilíbrio de frequências

Ambos

Potência sonora

Ambos

Vem fones de ouvido na caixa?

Nenhum

Sistema


O Mi 11 Ultra e o OnePlus 9 Pro saem da caixa com o Android 11 instalado de forma nativa. Cada um com sua interface personalizada diferente. A MIUI da Xiaomi é a que entrega mais diferenciais, desde extras para a tela secundária, até efeitos no vidro curvo. Do outro lado, a OxygenOS foca no essencial e entrega apenas alguns adicionais, como os atalhos na tela de bloqueio.

No geral, os softwares fluem bem, graças à alta taxa de atualização usada nos painéis. Fora que a dupla também suporta a rede 5G, para uma internet móvel mais veloz. Não sabemos até quando estes aparelhos serão atualizados, mas pelo menos o Android 12 você terá garantido neles.

Pelos recursos superiores, o ponto vai para o Mi 11 Ultra.








Sistema bem atualizado?

Ambos

Sistema será atualizado futuramente?

Ambos

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Mi 11 Ultra

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Software mais fluido

Ambos

Desempenho



Sem diferença no hardware, encontramos aqui o Snapdragon 888 como a plataforma móvel de ambos os dispositivos, fora o máximo de 12 GB de memória RAM. Em outras palavras, a velocidade vai depender mais das otimizações do software.

E nesse ponto, o Mi 11 Ultra foi mais rápido que o concorrente nos nossos testes, ao levar uma vantagem de quatro segundos para concluir o processo. O destaque dele foi no multitarefas, que compensou um atraso na rodada de abertura dos apps.

Já nos benchmarks, a vitória foi do 9 Pro, com pouca distância no AnTuTu e uma folga maior no Geekbench. Pelo menos, os jogos não serão um problema por aqui. Os títulos rodam com gráficos no máximo e fluidez satisfatória, já que há suporte até 120 fps.

O resultado nos nossos experimentos tem um peso maior e dão o ponto à Xiaomi.









Quem se sai melhor no teste de abertura?

Mi 11 Ultra

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Ambos

Quem tem os melhores números de benchmark?

OnePlus 9 Pro

Qual o processador mais atualizado?

Ambos

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Ambos

Qual tem mais armazenamento?

Ambos

Bateria



O Mi 11 Ultra vem com uma bateria de 5.000 mAh, 500 mAh a mais que a capacidade do 9 Pro. Isso quer dizer que o modelo da Xiaomi tem uma autonomia maior, certo? Errado. O celular da OnePlus conseguiu compensar com suas otimizações e durou uma hora a mais que o seu rival compatriota.

No carregamento, ambas capricham ao mandar adaptadores de tomada com mais de 60 W de potência. Assim, temos um tempo muito curto até chegar aos 100%. O 9 Pro segue na vantagem, por completar o processo em 40 minutos. Mas o Mi não fica muito atrás e demora apenas quatro minutos a mais.

Mesmo assim, o OnePlus anota o ponto neste quesito.







Qual tem mais bateria?

Mi 11 Ultra

Qual recarrega mais rápido?

OnePlus 9 Pro

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

OnePlus 9 Pro

Tem carregamento sem fio?

Ambos

Cmera

Temos em câmeras um conjunto triplo da Xiaomi contra um quádruplo da OnePlus. A diferença está na presença de um sensor monocromático, para ajudar nas fotos noturnas. E o resultado é positivo. O 9 Pro oferece um grande avanço, com poucos ruídos, cores acertadas e contraste na medida. Ele acaba sendo superior ao 11 Ultra, mesmo que não decepcione nisso.

Durante o dia, ambos fornecem fotos com grande nível de nitidez e cores próximas da realidade, só que o HDR ainda faz um trabalho mais competente no OnePlus. A ultrawide deles apresenta qualidade próxima da principal, com uma tecnologia melhor para corrigir a distorção nas bordas na lente do 9 Pro. Esta câmera possui foco automático na dupla, o que deixa responsável pelas fotos macro também.

Já a teleobjetiva da OnePlus chega a três vezes de zoom óptico, inferior à lente periscópica do Mi 11 Ultra, que permite aproximar até cinco vezes e ter imagens mais distantes, com menos perda de detalhes.

No geral, o 9 Pro mostrou mais evoluções e marca o ponto.










Melhor conjunto de câmera traseira

OnePlus 9 Pro

Melhores fotos noturnas

OnePlus 9 Pro

Conjunto mais versátil

Ambos

Melhor ultrawide

OnePlus 9 Pro

Melhor teleobjetiva

Mi 11 Ultra

Melhor macro

Mi 11 Ultra (via ultrawide)

Melhor modo retrato

Ambos

Fotos tiradas com o Xiaomi Mi 11 Ultra

Estes dispositivos são capazes de filmar em 8K, porém com uma taxa maior de fps no OnePlus 9 Pro, que chega a 30 fps. De qualquer maneira, a fluidez maior acontece apenas quando você baixa a resolução para 4K a 60 fps.

A estabilização é eficiente na dupla, assim como a captura estéreo de áudio. Pena que o foco do Mi 11 Ultra não tem tanta agilidade como deveria.

Nos detalhes, a OnePlus vence a Xiaomi aqui.










Possui estabilização óptica?

Ambos

Possui estabilização eletrônica?

Ambos

Foco mais ágil

OnePlus 9 Pro

Gravação 8K com mais fps

OnePlus 9 Pro

Grava em 4K a 60 fps?

Ambos

Melhor captação de áudio

Ambos

Melhor em vídeo

OnePlus 9 Pro

Fotos tiradas com o OnePlus 9 Pro

Nas selfies, os chineses capturam ótimas fotos durante o dia, com tom de pele acertado e nível de detalhes satisfatório. O que vai diferenciar os dois são os registros noturnos, que ficam melhores com as otimizações do software da Hasselblad, presente no OnePlus. O maior problema em comum está na limitação a Full HD nas gravações com a câmera frontal.

É ponto para o 9 Pro.






Melhor conjunto de câmera frontal

Ambos

Câmera frontal grava em 4K?

Nenhum

Melhor selfie

OnePlus 9 Pro

Preo

Nenhuma das fabricantes chinesas lançou estes celulares no mercado brasileiro. No mercado internacional, os preços de lançamento giraram em torno de R$ 5.000, já convertidos para a nossa moeda, com uma pequena vantagem para o Mi 11 Ultra. Por importadores, você consegue achar mais fácil o 9 Pro no país, na faixa de R$ 6.000.

Por isso, fechamos o Comparativo com um empate em preço.





Qual teve melhor preço de lançamento?

Mi 11 Ultra

Qual tem melhor custo-benefício atual?

OnePlus 9 Pro





Concluso

O equilíbrio entre estes dois celulares mostra o quanto as fabricantes chinesas têm evoluído no segmento de smartphones tops. A favor da OnePlus, está a bateria com maior autonomia e um tempo menor de carregamento, sem precisar aumentar a capacidade para isso. Fora o conjunto de câmeras, em parceria com a Hasselblad, que obtém uma ótima performance em todos os quesitos.

Porém, a Xiaomi ainda mostrou ter um aparelho mais completo, principalmente por oferecer um design moderno, tela com diferenciais e um som de maior qualidade. Sem contar o seu sistema, que entrega mais recursos e um desempenho superior.

RESULTADO

Xiaomi Mi 11 Ultra: 6 PONTOS

  • Design mais moderno
  • Tela com Dolby Vision e segundo display
  • Som com assinatura Harman Kardon
  • Software com melhores recursos
  • Desempenho mais rápido
  • Preço de lançamento menor no mercado internacional

OnePlus 9 Pro: 5 PONTOS

  • Bateria com melhor autonomia
  • Câmeras com melhores HDR, modo noturno e ultrawide
  • Vídeos com foco mais ágil e fps maior em 8K
  • Selfies superiores à noite
  • Pode ser encontrado para compra no Brasil

Você prefere o design, o multimídia e o sistema da Xiaomi, ou a bateria e as câmeras da OnePlus? Responde para a gente!

(atualizado em 16 de janeiro de 2022, s 19:06)



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*