realme C11 vs Moto E7 Power: chins tem chance contra bateria da Motorola? | Comparativo


A realme aposta no C11 como o seu celular de entrada para atrair quem deseja algo modesto, mas que tenha uma experiência multimídia agradável. Por outro lado, a Motorola tem no E7 Power o seu smartphone básico para quem quer uma bateria que dure dias.

Será que o modelo chinês é capaz de confrontar o Moto? É o que vamos descobrir agora, no Comparativo do TudoCelular.



realme C11: celular b





Android
31 Jul




Moto E7 Power ganha bateria que dura muito e perde c





Motorola
03 Mai


ndice do Comparativo

Design

realme C11

Começamos pelo design, temos dois aparelhos que de frente parecem o mesmo. Isso porque as fabricantes optaram pelo notch em forma de gota, além das bordas grandes, especialmente embaixo. A parte idêntica para por aí, porque na traseira, já vemos visuais completamente distintos.

A realme preferiu um módulo de câmeras quadrado, contra o tradicional na vertical da Motorola. O E7 Power também ficou na traseira lisa, sem nenhum detalhe especial. Já o C11 tem linhas que cruzam a tampa e geram efeito gradiente, para dar uma aparência mais premium e deixar a pegada menos escorregadia.

Motorola Moto E7 Power

O corpo do dispositivo chinês pode até ser mais fino e leve que o rival, só que é o Moto que possui alguns diferenciais a mais. São os casos do leitor biométrico no logo da marca e do Bluetooth de quinta geração. Mesmo assim, o plástico domina em ambos os casos.

O rival, por sua vez, compensa com o slot dedicado para cartão de memória, enquanto o concorrente tem uma gaveta híbrida. Pena que nenhum deles vem com Wi-Fi de quinta geração nem certificação de resistência, apesar de o portátil da Motorola ser repelente à água.

De um lado, design mais moderno e compacto. Do outro lado, diferenciais de segurança e de conectividade. Começamos com um empate.










Melhor construção

Nenhum

Visual mais moderno

Realme C11

Slot é híbrido ou dedicado?

Realme C11

Corpo mais resistente

Moto E7 Power

Melhor solução do notch

Nenhum

Melhor solução da biometria

Moto E7 Power

Qual é mais leve e mais fino?

Realme C11




Multimdia e recursos

Tela


Não espere muito da tela destes celulares. O C11 e o E7 Power vêm apenas com um painel IPS LCD, acompanhado de resolução limitada a HD+. Isso significa que a visibilidade não é das melhores na hora de usar fora de casa. Pelo menos, o ângulo de visão não vai te decepcionar.

O brilho máximo do realme pode ser maior no papel, assim como o aproveitamento máximo do Moto. Porém, você não sentirá tanto a diferença na prática. O tamanho também fica praticamente empatado, ambos na faixa de 6,5 polegadas. Como é de se esperar em modelos de entrada, não temos nenhuma proteção Gorilla Glass na dupla.

De novo, um ponto para cada.











Melhor tecnologia de tela

Nenhum

Melhor brilho de tela

Realme C11

Melhor resolução de tela

Nenhum

Tela maior

Nenhum

Melhor proporção tela/corpo

Moto E7 Power

Tela de Hz elevada?

Nenhum

Proteção Gorilla Glass?

Nenhum

Qualidade geral da tela

Nenhum

Som


Modelos de entrada, então você terá somente áudio mono aqui. E o pior: o alto-falante deles fica na traseira, bem na direção oposta ao usuário, o que não ajuda na imersão e abafa o som com facilidade. A potência deles pode ficar longe de uma linha mais avançada, mas não é das piores.

Em termos de qualidade sonora, o realme C11 ainda fica acima do Moto. Ele acerta nos graves e nos agudos, porém peca nos médios. Enquanto isso, o E7 Power exagera nas frequências altas e acaba distorcendo bastante com o volume no máximo. Para compensar, há o conector físico para fones de ouvido, só que o acessório está presente apenas na embalagem do E7 Power.

A realme vence pelo som mais equilibrado.








Som é estéreo?

Nenhum

Possui entrada P2?

Ambos

Maior equilíbrio de frequências

Realme C11

Potência sonora

Nenhum

Vem fones de ouvido na caixa?

Moto E7 Power

Sistema


O C11 sai da caixa com o Android 11 de fábrica, mais novo que o Android 10 pré-instalado no E7 Power. Mesmo assim, nenhum deles deverá passar disso para o futuro. No caso do chinês, a Realme UI, aliada ao Go Edition, permite uma fluidez maior do que temos na interface sem modificações da Motorola.

O Moto não vem com o aplicativo de customizações e só tem o gesto de ligar a lanterna. Já o realme vem com os recursos básicos do sistema operacional do Google, que não fica muito diferente do que acompanha o concorrente.

Por isso, o sistema mais novo dá o ponto ao C11.








Sistema bem atualizado?

Realme C11

Sistema será atualizado futuramente?

Nenhum

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Moto E7 Power

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Software mais fluido

Realme C11

Desempenho



E como estes aparelhos de entrada se comportam em desempenho? Encontramos os mesmos 2 GB de memória RAM neles, mas as plataformas são diferentes. O C11 usa um chip da Unisoc, contra o Helio G25 presente no Moto. Nesta batalha entre diferentes marcas, a Motorola levou a melhor por cerca de três segundos. De qualquer forma, ambos precisaram de quase cinco minutos para completar as duas rodadas do nosso teste.

Nos benchmarks, o E7 Power não é compatível com o AnTuTu, então não temos o registro aqui. Já no Geekbench, o chip da Mediatek fica apenas um pouco acima. Será que estes basicões conseguem rodar jogos? Pelo que vimos, as limitações deles não vão te deixar aproveitar de forma decente sem ser na opção gráfica mais baixa.

A performance nos nossos testes pesa mais neste quesito e dá o ponto ao Moto.









Quem se sai melhor no teste de abertura?

Moto E7 Power

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Nenhum

Quem tem os melhores números de benchmark?

Moto E7 Power

Qual o processador mais atualizado?

Moto E7 Power

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Moto E7 Power

Qual tem mais armazenamento?

Nenhum

Bateria



As fabricantes não economizaram em bateria e colocaram logo uma com capacidade de 5.000 mAh nos seus smartphones. No papel, o número é o mesmo. E na prática? Bom, aqui vimos uma autonomia maior do Moto, que passou das 25 horas nos nossos testes padronizados. A duração ficou quase três horas acima do rival.

Tanto realme quanto Motorola apostaram no carregador de 10 W para estes dispositivos. Só que o E7 Power consegue chegar nos 100% mais rápido, sem ultrapassar a barreira das 3 horas na tomada, como é o caso do C11.

O Moto deixa tudo igual no placar.







Qual tem mais bateria?

Nenhum

Qual recarrega mais rápido?

Moto E7 Power

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

Moto E7 Power

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Cmera

A realme não quis apostar em câmera no seu portátil mais modesto e deixou apenas um sensor de 8 MP. Já a Motorola colocou um principal de 13 MP, acompanhado por um macro de 2 MP.

As fotos dos dois são apenas ok em condições bem iluminadas, porém o HDR deixa a desejar em ambos os lados. À noite, a nitidez cai ainda mais neles e despenca a qualidade das imagens. Pelo menos, a resolução maior dá um pouco mais de detalhes ao Moto.

A lente macro usada pela Motorola não ajuda a ter uma boa imagem, seja por não registrar tanto dos objetos, ou pela falta de foco automático. Mesmo assim, não deixa de ser uma opção a mais para o usuário.

Este é um caso difícil de pontuar, mas o E7 Power marca por uma mínima diferença.










Melhor conjunto de câmera traseira

Moto E7 Power

Melhores fotos noturnas

Nenhum

Conjunto mais versátil

Moto E7 Power

Melhor ultrawide

Nenhum

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Moto E7 Power

Melhor profundidade

Nenhum

Fotos tiradas com o realme C11

Da mesma forma que as fotos, os vídeos nestes celulares não empolgam. A resolução fica restrita a Full HD, enquanto não há estabilização para lidar com os tremidos. O foco também é lento, com uma pequena vantagem para o Moto. O E7 Power ainda supera o rival na captura de áudio. Mesmo mono, a qualidade fica menos abafada que o C11.

A Motorola anota mais um ponto.









Possui estabilização óptica?

Nenhum

Possui estabilização eletrônica?

Nenhum

Foco mais ágil

Moto E7 Power

Grava em Full HD a 60 fps?

Nenhum

Melhor captação de áudio

Moto E7 Power

Melhor em vídeo

Moto E7 Power

Fotos tiradas com o Motorola Moto E7 Power

O embate fica mais equilibrado nas selfies. A câmera frontal da dupla tem 5 MP e apresenta os mesmos problemas. Apesar das boas capturas durante o dia, à noite temos uma grande queda na qualidade. Sem contar o modo retrato deles, que desativa o HDR e deixa o fundo estourado. Os vídeos de frente também não passam de Full HD.

Será que vale pedir música?! Temos o terceiro empate do Comparativo.






Melhor conjunto de câmera frontal

Nenhum

Câmera frontal grava em 4K?

Nenhum

Melhor selfie

Nenhum

Preo

Tanto a realme quanto a Motorola trouxeram os respectivos basicões ao mercado brasileiro. O C11 veio mais barato, pelo preço sugerido de R$ 1.000. O valor é R$ 100 abaixo do cobrado pelo E7 Power. No cenário atual, a situação virou, e o Moto aparece a um custo inferior de maneira mais frequente, na faixa de R$ 600, contra algo em torno de R$ 700 do concorrente chinês, na maioria dos casos.

O último ponto do duelo vai para a Motorola.





Qual teve melhor preço de lançamento?

Realme C11

Qual tem melhor custo-benefício atual?

Moto E7 Power





Concluso

O Moto conseguiu virar o jogo e vencer o realme neste confronto entre modelos de entrada. Isso significa que, entre o multimídia superior do C11 e o foco em bateria do E7 Power, é mais negócio para você levar o modelo da Motorola.

Além da autonomia, ele ainda consegue um desempenho mais rápido e tem um conjunto traseiro de câmeras que decepciona menos. Fora o custo-benefício melhor no varejo nacional do momento. Nem o som mais equilibrado e o sistema mais recente do modelo chinês conseguiram dar a vitória a ele aqui.

RESULTADO

realme C11: 5 PONTOS

  • Design mais moderno
  • Tela com maior brilho
  • Som mais equilibrado
  • Sistema atualizado e com maior fluidez
  • Empate em selfies

Motorola Moto E7 Power: 8 PONTOS

  • Design com biometria e conectividade superior
  • Tela com maior aproveitamento frontal
  • Desempenho amis rápido
  • Bateria com maior autonomia e menor tempo de carregamento
  • Câmeras traseiras mais versáteis
  • Vídeos com foco menos lento e boa qualidade de áudio
  • Preço mais barato no mercado atual

Qual deles você prefere e escolheria para comprar? O que mais te chamou a atenção nestes smartphones? Interaja conosco!

(atualizado em 18 de janeiro de 2022, s 19:26)



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*