Moto G31 vs G30: Motorola evoluiu entre os intermedirios? | Comparativo


Na geração passada, a Motorola resolveu apostar na tela de 90 Hz como diferencial para o Moto G30. Para a mais atual, com o G31, a fabricante abriu mão da fluidez maior para trazer outros recursos, desde o design até o material do display.

E aí, será que houve evolução da marca entre os celulares intermediários? A gente vai saber a resposta agora, no Comparativo do TudoCelular.



Moto G31: tela OLED retorna aos celulares intermedi





Motorola
21 Jan




Moto G30: celular mais barato da Motorola com tela de 90 Hz vale a pena? | An





Motorola
30 Abr


ndice do Comparativo

Design

Motorola Moto G31

Logo ao observar os dois, dá para perceber várias mudanças no design. O G31 agora tem um notch centralizado para abrigar a câmera frontal, no lugar do formato em gota, para deixar as bordas finas. O corpo Moto recente também ficou mais compacto e leve que o antecessor.

Na parte de trás, temos um bloco maior para abrigar as lentes principais, só que o fundo permanece da mesma cor que a tampa. Além disso, o logo da Motorola continua, assim como o leitor biométrico, para dar mais segurança no desbloqueio da tela. O acabamento segue todo em plástico de boa qualidade.

Motorola Moto G30

Pelo menos, você terá dos dois lados um slot para cartão de memória, dentro da gaveta híbrida de chips. Eles ainda fornecem Wi-Fi de quinta geração e Bluetooth de quinta geração.

A construção não mudou, mas vemos alguns avanços nas dimensões, no peso e no formato do entalhe. Por isso, o Moto G31 abre o placar.










Melhor construção

Nenhum

Visual mais moderno

Moto G31

Slot é híbrido ou dedicado?

Ambos

Corpo mais resistente

Nenhum

Melhor solução do notch

Moto G31

Melhor solução da biometria

Nenhum

Qual é mais leve e mais fino?

Moto G31




Multimdia e recursos

Tela


Um dos destaques da Motorola para o G31 foi a inclusão de uma tela OLED. Esse material traz um ângulo de visão bem amplo, precisão de preto e brilho mais forte, na comparação com o IPS LCD do G30. Isso significa que o aparelho mais novo é a melhor opção para você usar fora de casa, por exemplo.

Só que a fabricante resolveu abrir mão dos 90 Hz que tinha no smartphone mais antigo, e agora inseriu um painel com taxa de atualização de apenas 60 Hz. Em outras palavras, o antecessor ainda traz maior fluidez para as animações do sistema.

O Moto mais antigo vem com um display um pouco maior, porém com um aproveitamento frontal ligeiramente inferior. Já o novo tem resolução Full HD+, para compensar a HD+ do antecessor.

O G31 marca pela tela com tecnologia superior; enquanto o G30 anota um ponto pela fluidez maior.











Melhor tecnologia de tela

Moto G31

Melhor brilho de tela

Moto G31

Melhor resolução de tela

Moto G31

Tela maior

Moto G30

Melhor proporção tela/corpo

Moto G31

Tela de Hz elevada?

Moto G30

Proteção Gorilla Glass?

Nenhum

Qualidade geral da tela

Ambos

Som


A Motorola ainda não investe em som estéreo nos seus intermediários. Por isso, aqui você encontrará apenas uma saída de áudio mono, o que compromete a imersão do usuário ao ver filmes ou outros vídeos, por exemplo. A potência fica apenas mediana nos dois casos. Já a qualidade não consegue um bom equilíbrio entre graves, médios e agudos nos dois casos.

O que vai amenizar é a presença de fones de ouvido na caixa, mesmo que não sejam dos mais sofisticados. O conector físico para o acessório não foge do padrão, então vai dar para usar qualquer outro modelo com cabo P2, caso prefira.

Sem grande diferença para algum dos aparelhos, temos mais um empate.








Som é estéreo?

Nenhum

Possui entrada P2?

Ambos

Maior equilíbrio de frequências

Nenhum

Potência sonora

Nenhum

Vem fones de ouvido na caixa?

Ambos

Sistema


Ambos os dispositivos saem da caixa com o Android 11 instalado, sob a interface praticamente sem modificações da marca. Há uma atualização garantida, mas você precisará de paciência até a Motorola liberar a instalação. Nenhum deles suporta a rede 5G.

Os recursos também não apresentam grandes diferenças. A dupla entrega poucas opções de customização, com destaque para os famosos gestos na hora de ligar a lanterna ou abrir o app de câmera. Ao menos, o G30 vai trazer mais fluidez nas animações, por suportar 90 fps de taxa.

Nos detalhes, o modelo antigo leva a melhor em software.








Sistema bem atualizado?

Ambos

Sistema será atualizado futuramente?

Ambos

Qual sistema ou personalização tem mais e melhores recursos?

Nenhum

Faltam conexões? Sobram?

Nenhum

Software mais fluido

Moto G30

Desempenho



A fabricante manteve os 4 GB de memória RAM, mas trocou a Qualcomm pela MediaTek no modelo mais recente. Será que o Helio G85 é superior ao Snapdragon 662? Não foi o que vimos nos nossos testes de velocidade. O G31 precisou de quase 13 segundos a mais para completar as duas rodadas.

Nos benchmarks, o duelo fica mais apertado, com uma vitória pequena no AnTuTu para o mais novo, enquanto o Geekbench registrou um equilíbrio. E nos jogos? Como eles estão longe de uma boa potência para games, não espere boa performance aqui, nem rodar títulos em 90 fps no G30.

O mais antigo pontua pelo desempenho mais rápido nos nossos testes, especialmente no multitarefas.









Quem se sai melhor no teste de abertura?

Moto G30

Quem leva a melhor nos jogos mais exigentes?

Nenhum

Quem tem os melhores números de benchmark?

Moto G31

Qual o processador mais atualizado?

Moto G31

Qual tem melhor equilíbrio de RAM/processador?

Moto G30

Qual tem mais armazenamento?

Nenhum

Bateria



A bateria não mudou entre gerações, ou seja, os dois vêm equipados com uma capacidade de 5.000 mAh. Isso significa que a autonomia também é a mesma, certo? Errado. O Moto G31 durou 7 horas e 40 minutos a mais que o seu antecessor, com duração que passa um dia inteiro fora da tomada.

E como fica o carregamento? Apesar de ter adaptador TurboPower de 20 W, o G30 precisa do mesmo tempo conectado para chegar nos 100%, assim como o carregador de 10 W do sucessor.

O G31 pontua em bateria pela duração maior.







Qual tem mais bateria?

Nenhum

Qual recarrega mais rápido?

Nenhum

Qual dura mais de acordo com o teste de bateria do TC?

Moto G31

Tem carregamento sem fio?

Nenhum

Cmera

Temos aqui um conjunto triplo do G31 contra quatro câmeras do G30. A diferença é que o Moto recente perdeu o sensor de profundidade e teve a lente principal baixada de 64 MP para 50 MP. A experiência nas fotos durante o dia agrada em ambos os casos, com cores acertadas e bom nível de detalhes. À noite, a situação muda e tem uma queda considerável de qualidade nestes aparelhos. Mesmo assim, o Moto mais novo sofre menos com os ruídos.

Quando vamos para a ultrawide, vemos maiores limitações dos celulares. A nitidez cai bastante em relação à principal, enquanto os ruídos ficam mais evidentes. Em cenários noturnos, as imagens se tornam ainda mais difíceis. Um diferencial deste tipo de lente no G31 é servir para o modo retrato, já que apenas o G30 tem a câmera de desfoque. Mas independente de qual seja, o efeito sai com seus erros neles.

Para completar, está a macro, presente tanto em um como no outro. O sensor é simples, com baixa resolução e sem foco automático. Então, não se destaca entre o conjunto.

Este é um exemplo clássico de empate, por isso vamos de um ponto para cada.










Melhor conjunto de câmera traseira

Moto G30

Melhores fotos noturnas

Moto G31

Conjunto mais versátil

Moto G30

Melhor ultrawide

Ambos

Melhor teleobjetiva

Nenhum

Melhor macro

Ambos

Melhor profundidade

Ambos

Fotos tiradas com o Motorola Moto G31

Em vídeos, estes smartphones não passam de Full HD na resolução. A diferença é que o Moto G30 ainda pode filmar em 60 fps. Já o G31, mesmo mais novo, não passa dos 30 fps. A qualidade neles agrada durante o dia, mas apresenta queda grande quando chegamos em ambientes escuros. Nenhum deles possui controle de tremidos, além de a captura de áudio não ser eficiente para lidar com os ruídos, mesmo sendo estéreo.

Pela fluidez maior nas gravações, o modelo mais antigo leva a melhor neste quesito.









Possui estabilização óptica?

Nenhum

Possui estabilização eletrônica?

Nenhum

Foco mais ágil

Nenhum

Grava em Full HD a 60 fps?

Moto G30

Melhor captação de áudio

Nenhum

Melhor em vídeo

Nenhum

Fotos tiradas com o Motorola Moto G30

A Motorola preferiu manter a câmera frontal de 13 MP do G30 para o G31. Os resultados são melhores durante o dia. À noite, não é o forte das selfies aqui. A vantagem do mais novo está no melhor alcance dinâmico com esta lente. Pelo menos, o modo retrato vai funcionar bem independente do modelo escolhido. Os vídeos de frente também são restritos a Full HD a 30 fps neles.

O Moto G31 pontua desta vez.






Melhor conjunto de câmera frontal

Nenhum

Câmera frontal grava em 4K?

Nenhum

Melhor selfie

Moto G31

Preo

De uma geração para a outra, a fabricante aumentou em R$ 100 o preço sugerido. Isso significa que o Moto G30 chegou por R$ 1.900, enquanto o G31 veio custando R$ 2.000. No mercado atual, essa diferença está maior. O dispositivo antigo já pode ser encontrado por R$ 1.200, contra algo em torno de R$ 1.600 do mais recente. Um custo que faz a diferença no bolso do consumidor.

Por isso, o G30 anota o último ponto para fechar o Comparativo.





Qual teve melhor preço de lançamento?

Moto G30

Qual tem melhor custo-benefício atual?

Moto G30





Concluso

No duelo de gerações, a anterior ainda se mostrou um negócio mais vantajoso ao usuário. O G30 mantém uma fluidez maior na tela, tem um sistema sonoro que não sofreu mudanças para o sucessor, além do software com animações mais suaves.

O desempenho dele também é mais rápido, graças ao chip Snapdragon, fora o conjunto de câmeras mais versátil para fotos e com mais quadros por segundo em vídeos. Para completar, é o que pode ser encontrado a um valor inferior no varejo brasileiro.

A favor do Moto G31, contam principalmente o design mais moderno, o painel com material superior e a autonomia de bateria, sem aumentar o tempo de recarga. As selfies aqui ainda ficam com um pouco mais de qualidade, mas tudo isso não é o suficiente para bater o antecessor.

RESULTADO

Motorola Moto G31: 6 PONTOS

  • Design mais moderno
  • Tela OLED
  • Mesma experiência em som
  • Bateria com maior autonomia
  • Câmeras traseiras com melhor foto à noite
  • Selfies com melhor alcance dinâmico

Motorola Moto G30: 7 PONTOS

  • Tela de 90 Hz
  • Mesma experiência em som
  • Sistema com maior fluidez
  • Desempenho mais rápido, com chip Snapdragon
  • Câmeras traseiras mais versáteis
  • Vídeos maior taxa de fps
  • Preço mais barato no mercado atual

Qual destes Moto G você acha melhor? A sua preferência é por qual característica deles? Conta tudo para a gente no espaço abaixo.

(atualizado em 23 de janeiro de 2022, s 19:34)



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*