Melhor celular intermedirio para comprar por menos de R$ 1.700 | Janeiro 2022


Destaque de cada celular

  1. Redmi Note 9T — Boa opção para quem deseja um aparelho 5G
  2. Motorola Moto G9 Power Tela wide grande para ver filmes
  3. Samsung Galaxy A21s Ótimo intermediário pagando pouco
  4. Motorola One Fusion Eficiente modo noturno
  5. realme C25 — Foco na resistência e bateria gigante
  6. Poco X3 NFC — Celular gamer com tela de 120 Hz

Busca por celular em outra faixa de preço?

Buscando um novo celular para comprar? Indicamos o melhor intermediário e outras alternativas que vão te interessar. A seleção foi feita pensando em você que busca um smartphone que vá além de tarefas básicas, incluindo jogos e aplicativos mais pesados. Os aparelhos listados aqui oferecem uma experiência mais completa, mas não espere o nível de desempenho e qualidade de um flagship.

O guia é atualizado constantemente, visando sempre reunir aqui as melhores opções entre R$ 1.200 e 1.700. Lembrando que os preços variam com frequência, então algum modelo pode acabar fugindo um pouco da faixa de preço, mas isso normaliza com o tempo.

Redmi Note 9T



Se você está querendo um aparelho que já esteja pronto para navegar na rede 5G quando ela for implementada no Brasil, uma opção viável é o Redmi Note 9T, aparelho intermediário que traz embarcado o MediaTek Dimensity 800U, 4GB de RAM e armazenamento interno de 64GB ou 128GB.

Além do suporte à rede mais avançada, o Redmi Note 9T ganha pontos por oferecer som estéreo, boa autonomia de bateria e câmeras que são competentes para captura de boas fotos e ótimas selfies.



Samsung Galaxy A21s



Se você curte aparelhos assinados pela Samsung, a alternativa nessa faixa de preço fica por conta do Galaxy A21s, aparelho que traz o Exynos 850, 4GB de RAM e 64GB de armazenamernto interno, além de uma bateria de 5000 mAh que ofereceu boa autonomia, passando com folga das 23h em uso misto nos nossos testes.

No mais, é um aparelho que oferece bom desempenho, tem um sistema operacional que flui bem no uso geral e o seu carregamento não chega a ser dos mais demorados, ainda mais considerando a capacidade total da bateria embarcada.



Motorola One Fusion



O One Fusion é um bom celular que não fez muito sucesso. Se você é do tipo que se importa muito com duração de bateria, então saiba que ele está entre os melhores que testamos, ficando em terceiro no nosso ranking e quase colado com o Galaxy M51, que possui bateria muito maior.

O One Fusion entrega melhor desempenho que o Galaxy M21s. Ele também se sai melhor em jogos, graça ao chipset mais potente. Suas câmeras registram boas fotos e não ficam atrás para o rival da Samsung. Já no conjunto multimídia, ele poderia ser melhor, e neste ponto o M21s se supera, com sua tela Super AMOLED.



Motorola Moto G9 Power



O Moto G9 Power possui hardware inferior ao One Fusion que custa menos. Faz sentido comprá-lo? Se você está em busca de intermediário com tela grande, então o G9 Power vai agradar com suas 6,8 polegadas. Além disso, sua tela é mais esticada e próxima do padrão do cinema, o que a torna ótima para ver filmes.

A bateria do Moto G9 Power dura bastante, o que permitirá maratonar sua série favorita ou assistir a vários filmes antes de precisar recarregá-la. Seu desempenho é bom para o preço e suas câmeras até registram boas fotos, mas não chegam perto do que o Galaxy A51 entrega. Pelo menos a Motorola não deixou o modo noturno de fora desse modelo.



realme C25



Apresentado recentemente no Brasil, o realme C25 entra oficialmente nesse guia por oferecer um conjunto que promete agradar o usuário, o que inclui um MediaTek Helio G70, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, além de uma bateria com generosos 6000 mAh.

Além desse conjunto bacana, o realme C25 também ganha pontos pela promessa de resistência a alguns acidentes de percurso, o que inclui quedas acidentais e até a possibilidade de quebrar nozes com ele. Obviamente, essas ações não são completamente isentas, mas a tendência é que ele consiga sair melhor que um aparelho sem essa proteção.



Poco X3 NFC



Uma boa alternativa para aqueles que querem um aparelho para jogos é o Poco X3 NFC. Ele foi lançado oficialmente no Brasil por R$ 3,5 mil, mas você pode encontrar o importado por menos de R$ 2 mil no varejo nacional. O que ele tem de especial? A tela de 120 Hz, para garantir maior fluidez em jogos rodando a 120 fps, enquanto os demais da nossa lista possuem tela de 60 Hz.

Ele vem com hardware mais avançado que o do Redmi Note 9 Pro e tem bateria ainda maior com 5.160 mAh para garantir muita autonomia. Não é à toa que o Poco X3 vem chamando a atenção dos brasileiros, especialmente os gamers que buscam o melhor celular para jogar sem pagar uma fortuna para isso.



Qual comprar?

Qual celular comprar nessa faixa de preço? A resposta para essa pergunta será definida sobre qual será o seu foco ao adquirir seu novo companheiro de bolso. Se você foca em quantidade de atualizações, talvez a opção mais interessante seja o Samsung Galaxy A21s.

Já para aqueles que desejam a conectividade mais avançada, sem abrir de um conjunto mais bacana, uma boa opção é apostar no Motorola Moto G 5G ou no Redmi Note 9T e se o foco é bateria gastando menos, vale a pena pensar no Moto G9 Power, realme C25 ou o Moto One Fusion.

Agora, se o seu foco é pegar um aparelho que pode ser uma boa para jogos, a melhor opção será o Poco X3 NFC graças a entrega de uma tela com 120Hz e de um hardware que é competente no geral.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*