Telescpio James Webb chega ao destino e NASA responde dvidas dos internautas


Lançado rumo ao espaço no dia 25 de dezembro após décadas de atraso e bilhões dólares investidos, o Telescópio Espacial James Webb não vem para substituir o famoso Telescópio Espacial Hubble, mas para complementar seu fabuloso trabalho e atuar especialmente na captura do infravermelho.

Segundo informações da Agência Espacial dos Estados Unidos (NASA, na sigla em inglês), James Webb (JWST) alcançou na última segunda-feira (24) o chamado “Segundo Ponto de Lagrange (L2)”, região no espaço localizada entre a Terra e o Sol e que também foi a casa da Sonda Espacial Spitzer, antecessora do JWST.



Telesc





Tech
31 Dez




Brasil participou do lan





Tech
27 Dez


Conforme explica Sérgio Sacani, geofísico e criador do canal Space Today, no Sistema Solar há vários pontos que são denominados “Pontos de Lagrange” — nome dado em homenagem ao matemático Joseph-Louis Lagrange — em que há equilíbrio gravitacional e o objeto consegue se manter significativamente estável.

Apesar da estabilidade, nesse ponto James Webb terá que consumir combustível para manter sua posição na região, fator que limita sua expectativa de vida útil para até 10 anos, período alcançado graças ao enorme sucesso da missão de lançamento do telescópio que aconteceu em dezembro de 2021.

A distância entre o ponto L2 e a Terra é de cerca de 1,5 milhão de quilômetros, no entanto também há outras quatro regiões de Lagrange dispostas no Sistema Solar, como a L1, L2, L3, L4 e L5, todos dispostos no Sistema Solar e que contam com algumas características ímpares.

Na tarde de ontem (24) a NASA transmitiu através do portal “NASA Science Live” e em seu canal oficial no YouTube um vídeo ao vivo denominado “What’s Next for the James Webb Space Telescope?” em que os cientistas da agência interagiram com internautas respondendo as principais dúvidas sobre a órbita do telescópio, imagens e objetivos da missão.

  • O episódio tem 55 minutos de duração e pode ser reproduzido através do player acima ou pelo canal da NASA. O conteúdo tem como idioma original o inglês.

Quando saem as primeiras imagens?

Segundo Sacani, o processo de comissionamento do JWST deve ser concluído apenas daqui a seis meses devido à necessidade dos equipamentos que compõem o telescópio serem resfriados a uma temperatura próxima ao zero absoluto, ação necessária para que a captura do espectro infravermelho ocorra sem interferência.

Além do resfriamento, o comissionamento dos equipamentos também inclui o alinhamento das lentes, sensores e espelhos que equipam o Telescópio Espacial James Webb.

Está ansioso pelas primeiras imagens do Telescópio Espacial James Webb? Conta pra gente, comente!



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*