Uma vez lder… Apple segue a marca mais valiosa com US$ 355 bi, diz estudo


Esutdo da Brand Finance para 2022 apontou que a Apple segue como a marca mais valiosa do mundo, à frente de Amazon e Google, mantendo o título do ano passado. O relatório aponta um crescimento de 35% em 2021, atingindo hoje o valor de US$ 355,1 bilhões (~R$ 1,9 trilhão), liderando o ranking Global 500.

A Amazon vem na cola, em segundo lugar, com valor estimado de US$ 350 bilhões, bem à frente do Google, com US$ 263 bilhões. O CEO da Brand Finance, David Haigh, comentou o resultado:

“A Apple comanda um nível incrível de fidelidade à marca, em grande parte graças à sua reputação de qualidade e inovação. Décadas de trabalho duro para aperfeiçoar a marca viram a Apple se tornar um fenômeno cultural, o que lhe permite não apenas competir, mas prosperar em um grande número de mercados. Com muitos rumores de sua incursão em veículos elétricos e realidade virtual, parece que está pronto para um novo salto.”

Aponta-se ainda que a marca conseguiu se manter em sintonia com os clientes, reforçando suas credenciais em frentes como a privacidade, meio ambiente, transparência na App Store, além naturalmente de entregar bons produtos como os novos iPhone, iPad, Mac, além de oferecer serviços como o Apple Pay e Apple TV Plus. Ainda é destacado o compromisso de trabalhar com energia renovável e atingir neutralidade de carbono em 2030.

Evidente, nem todos vão concordar com essas diretrizes, vide as pressões e críticas que a empresa sofreu em casos como o da vigilância de fotos em busca de pedofilia — e que acabou fazendo a Apple recuar na decisão.

Os números oficiais da Apple, com os ganhos do último trimestre, devem ser revelados na quinta (27) — e analistas já preveem números que podem chegar a até US$ 122 bilhões.



Source link

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*